terça-feira, 12 de novembro de 2013

Cd's do Pearl Jam - Diferenças nas versões Nacionais e do Ten Club

Um dos assuntos que muitos tem nos perguntado é com relação à possíveis diferenças existentes nas versões dos Cd's do Lightning Bolt. Para tentar sanar algumas dúvidas criei este post para mostrar algumas diferenças nas versões de cd's anteriores do Pearl Jam e qual seria a expectativa para a versão nacional do Lightning Bolt.

Começamos pelo Abacate. As versões do Abacate vendidas pelo Ten Club possuem muitas diferenças com a da versão nacional. Em primeiro lugar, a versão produzida no Brasil possui formato Digipack 3 fold (com plastico onde insere-se o cd e também com o a capa sendo formada por três componentes principais que se fecham) e o material da capa do cd é mais frágil. O encarte vem separado da capa. Além disso, o cd possui a cor azul como mostrado na foto abaixo. Esse modelo digipack é o modelo padrão dos cds vendidos mundialmente. 


A versão do Abacate vendida pelo Ten Club possui uma capa dura e o encarte é no formato Cardboard, isto é, inserido na lombada da capa, fixo nela como se fosse um pequeno livro. Além disso, o CD possui outro layout.



O Backspacer segue o mesmo padrão. Há essa versão do Ten Club com a capa dura e formato Cardboard e também a versão na qual temos dois envelopes: um para o CD e outro para o Encarte.

Versão padrão:


Versão do Ten Club:



Normalmente o formato digipack barateia o custo do CD. Por isso temos vários cd's do Pearl Jam custando em torno de R$10,00. A versão do Ten Club possui um material melhorado, a qualidade é melhor e, consequentemente, mais cara. O Lightning Bolt que recebi do Ten Club e postei as fotos é igual ao das versões do Abacate e do Backspacer. Como para esses dois discos houve diferença nas versões do Ten Club para as nacionais, não sei como será o material vendido por aqui. Alguns leitores do blog compraram por algumas livrarias e sites nacionais e receberam o CD no mesmo material que o do Ten Club. Porém alguns citam que em diferentes sites há no anúncio que trata-se de uma versão de Luxo. Provavelmente (embora não com certeza) essa versão de luxo é a mesma do Ten Club.
Para completar, nos últimos anos, a versão nacional do Yield vem sendo comercializada sem aquela capa vazada no local da placa. Em vez disso temos a placa pintada já na capa do disco, na imagem da estrada:

Versão atual vendida no Brasil:


Versão americana e original de 1998:



Assim, para quem for comprar vale ficar de olho no anúncio para ver qual formato está sendo vendido.

10 comentários:

  1. A dúvida minha é justamente essa...vou até a loja e ver se a versão é igual ao que vocês jogaram fotos aqui...
    Valeu!

    ResponderExcluir
  2. Vou fotografar a minha para comparação. Mas acredito que seja igual. Por isso o preço tão alto: 42 reais. Na Livraria Cultura não falaram nada sobre versão especial.

    Abraços!

    ResponderExcluir
  3. Comprei na livraria Saraiva (R$ 42,00) e é mesma versão do Ten Club.

    ResponderExcluir
  4. Comprei...
    E pelas fotos, é o mesmo formato do que o João comprou nos States

    ResponderExcluir
  5. João Marinho Chinaski13 de novembro de 2013 10:59

    Leonardo Picelli cara, eu paguei o dobro do que você pagou! Tenho versão importada do LB, comprei Recife e me custou R$ 85,00. A capa é dura e pelo que os caras aqui do blog mostraram é idêntica a versão do TenClub.

    Tenho as duas versões do Yield, comprei no lançamento em 1998 o importado e veio com a placa vazada, mas com o passar dos anos ficou meio surrado e comprei essa nova versão da placa pintada. Dentro não mudou nada. Já vi umas versões nacionais do Yield que ao invés de o CD ser vermelho é laranja, pena que não tenho como fotografar porque faz muito tempo que vi isso, acho que foi em 99 por aí...

    Tenho também o Vitalogy em K7 muito massinha, é uma bela miniatura muito legal mesmo. Tenho tbm a versão em VHS do Single Video Theory, comprei no lançamento também. O legal disso é que a VHS vem legendada diferente das versões em DVD que não possuem legendas em português.

    Gostaria muito de ver novamente a versão em vinil do No Code, na época não comprei pela virada que a industria deu nas nossas cabeças com a chegada dos CDS, me arrependo muito de não ter comprado! Se alguém tiver.. por favor fotografem e enviem pra gente matar essa saudade.. joao.decapole@gmail.com

    Abraço!

    ResponderExcluir
  6. Eu comprei o Yield em 98 e achei um absurdo essa versão nacional sem o vazado da placa ficou muito ruim. Também tem diferença na versão do CD Pearl Jam Twenty do 10club (Cardboard Book Style) com a versão nacional (Cardboard Gatefold Sleeve).
    O Ten também é diferente e olhe as duas versões:
    Nacional: http://www.pjcollectors.com/detail.asp?id=669
    Importada: http://www.pjcollectors.com/detail.asp?id=804

    ResponderExcluir
  7. Olá João Marinho, foi um preço bem salgado mesmo, quase comprei pelo Ten Club, mas como o tempo de envio ia ser o mesmo deixei para comprar por aqui, fora que o CD não está vendendo em muitas lojas, tipo Americanas, Submarino e tal, ta bem restrito a principio pelo que tenho acompanhado, já vi uma versão do Yield sem digipack, na caixa de plastico mesmo hehe, hoje anda custando 14,00, o Live on Two Les nessa faixam o mais caro que paguei, foi na época do lançamento do Lost Dogs, 92,00 rsrs é mole, e o DVD mais caro foi o At The Garden, 123,00 rsrs mas é visivel mesmo a diferença dos lançamentos nos EUA e do Brasil, lá é bem mais trabalhado, pena que demora bastante pra chegar, e dependendo do lugar que compra, paga taxa de importação, caso que aconteceu comigo, comprei no Amazon o Mirror Ball PJ x Neil Young, veio em caixinha de plástico, paguei 9 dolares achando que ia me dar bem, no fim tive que pagar mais 90,00 de taxa de importação, dureza em rsrs ...

    ResponderExcluir
  8. Uma coisa que achei bacana no lançamento do Backspacer, mesmo com as diferentes versões de capas lançados, foram o conteúdo do CD para download de 2 boots para fazer, poderiam fazer mais nos novos CDs que lançarem, tomare ae que saia logo algo do PJ Festival de 2011, como não foi lançado nada de boot, quem sabe saia algo tipo DVD quadruplo rsrs com os shows e extras na integra e 2 CDs triplo hahah seria bom em ....

    ResponderExcluir
  9. Casa de Amor é um estudio de mixagem e masterização que pertence ao Billy Joe Bowers, o engenheiro que masterizou o album em CD

    ;-)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. resposta certa no post errado! rs
      http://pearljamtofly.blogspot.com.br/2013/11/fotos-cd-lightning-bolt.html

      Excluir